terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Eu fico ali;



Ali!
Parada.
Momento estátua.
Durante minutos, as vezes horas.
Jogando tempo fora, quase perdendo o controle.
Ali, parada. Mas querendo estrangular o pobre do telefone, pela sua mancada.
Quase xingo aquele sujeito que tem linhas telefónicas. é, eu quase xingo o coitado do meu telefone.
E me pergunto todo o segundo "por que o telefone não toca?"
Ali; Parada. Segurando choro, guardando gritos pra dentro de mim, naquele sufoco.
Implorando, para aquele telefone tocar.

2 comentários:

  1. oi amei o blog! me segue q eu sigo de volta! www.cantoseencantosdahellen.blogspot.com

    ResponderExcluir